Informe de rendimentos Caixa TEM: como conseguir?

Quer acessar seu informe de rendimentos Caixa TEM? Veja aqui o passo a passo de como conseguir o seu dentro do aplicativo!

Informe de rendimentos Caixa TEM

É possível conseguir o informe de rendimentos dentro do próprio aplicativo, inclusive para quem recebeu o Auxílio Emergencial em 2021 e outros benefícios. Vale lembrar que o documento se refere aos ganhos do ano anterior (nesse caso, 2021), desde que a movimentação financeira tenha ocorrido dentro do Caixa TEM.

A procura pelos rendimentos do ano anterior está em alta recentemente, por causa da declaração de imposto de renda. Não deixe de reunir seus dados para não ter problemas.

Siga esse passo a passo para gerar seu informe de rendimentos Caixa TEM:

  1. Acesse sua conta no aplicativo Caixa TEM. Para isso, é preciso estar com seu cadastro atualizado.
  2. No menu do app, ainda na página inicial, você verá várias opções de serviço: dicas financeiras, pagar contas, ver extrato. Escolha a opção “informe de rendimentos”.
  3. A nova aba dará uma breve explicação sobre o que são os informes e, logo abaixo, haverá um botão escrito “Ver informe de rendimentos”. Toque nele.
  4. Você imediatamente verá o documento com todas as informações necessárias. No canto superior direito da tela, haverá uma setinha indicando a opção de download. Também é possível mandar o documento para a impressão, via wi-fi.

Se tiver qualquer problema, entre em contato com o atendimento dentro do aplicativo. Ou, se o erro persistir, procure uma agência Caixa para encontrar uma solução.

Para fins de declaração de IRPF, é possível fazer seu informe de rendimentos pelo aplicativo Sou Gov.br ou apenas fazer a solicitação em Portal.gov.br. Esse meio também permite compatilhar e consultar seus comprovantes.

Como ficou o imposto de renda?

impostos
Informe de rendimentos Caixa TEM

Com as novas regras do imposto de renda, os cidadãos devem estar atentos para não perder o prazo ou cometer algum erro.

Aliás, o prazo é uma das mudanças mais importantes para esse ano. O tempo para entregar sua declaração ficou mais curto, de 7 de março a 29 de abril.

Para quem vai usar a declaração pré preenchida, exclusiva para pessoas com cadastro no nível prata ou ouro, o início do prazo começa a correr no dia 15 de março.

Além disso, a restituição do IRPF agora pode ocorrer via pix. Para receber o valor dessa forma, é preciso informar uma chave pix que seja o CPF do beneficiário. O pagamento do imposto também poderá ser feito pelo pix, mais uma novidade que chamou a atenção dos contribuintes.

A restituição deve ser dividida em cinco grupos, a começar em 31 de maio. A expectativa do Governo é que todas as restituições já estejam acertadas até 30 de setembro.

Para declarar, o Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) da Receita Federal pode ser acessado em casa. Outra opção é usar o aplicativo Meu Imposto de Renda para quitar a dívida.