Décimo terceiro INSS pode ser pago em parcela única! Veja quem tem direito

O Governo Federal informou sobre mudanças no pagamento do 13º salário do INSS. Esta semana, a equipe da Segurança Social disponibilizou os calendários de depósitos do bónus de Natal. Normalmente, o status é concedido em 50% em duas rodadas, mas alguns segurados podem obter tudo de uma vez. Veja.


Na expectativa de movimentar o PIB nacional, o governo federal contou com o 13º salário do INSS. A última novidade é que os cidadãos que começaram a receber suas prestações a partir de maio terão acesso ao valor em uma única parcela, que não será paga até novembro.


A antecipação iniciada em 25 de abril será concedida apenas aos segurados que receberam benefícios por incapacidade temporária, benefícios acidentários, benefícios de aposentadoria, benefícios por morte ou benefícios de integração ao longo de 2022. No geral, espera-se uma injeção econômica de R$ 30,5. Milhões.

Entenda como vão ser pagas as duas parcelas do 13º salário do INSS:

  • Primeira parcela: 50% do valor, de 25 de abril a 6 de maio;
  • Segunda parcela: 50% do valor, de 25 de maio a 7 de junho, menos o valor devido do imposto de renda, para quem se aplicar.

Como funciona o 13º salário? 

O 13º salário é um direito trabalhista previsto na constituição federal. É basicamente uma remuneração de maior porte concedida aos funcionários no final de cada ano. É chamado também de gratificação natalina. Existem algumas formas de calcular o valor. 

O que é importante saber é que, o 13º é pago em duas parcelas. A primeira deve ser entre fevereiro e novembro. E a segunda, até o dia 20 de dezembro. 

O intuito do benefício é conceder ao trabalhador uma renda que permita que ele tenha um final de ano mais confortável financeiramente. Ou seja, uma gratificação. 

Algumas pessoas têm dúvidas sobre alguns benefícios e como eles se relacionam. Como: se um mesmo indivíduo pode ter direito a mais de um benefício ou não.