Como saber se o cheque tem fundo?

Quer aprender a como saber se o cheque tem fundo? Vamos te ensinar a identificar um cheque sem fundo, para que você nunca mais tenha problemas com isso!

Caso receba um, é importante identificar se o mesmo é verdadeiro não é mesmo? Certamente, boa parte das pessoas, principalmente as mais jovens, não sabem muito a respeito desse tipo de transação bancária. Não caia em golpes, vamos mostrar como!

Hoje em dia, ao fazer compras, efetuar pagamentos, ou realizar qualquer transação financeira não é mais muito comum fazer o uso de cheques. Todavia, ainda chegam a ser utilizados por algumas pessoas, em alguns casos diferentes, às vezes por pessoas mais tradicionais devido a questões culturais. A fim de deixar de pagar taxas das máquinas para passar cartão, alguns bancos preferem receber os cheques.

Com a realidade atual do Brasil, apesar de estar entrando em desuso, o cheque acabou voltando a ser uma opção durante a crise. Em alguns casos específicos como nos de pequenos comércios, que precisam reduzir ao máximo seus custos podem ser utilizados por exemplo. Entretanto, com essa escolha acabam existindo algumas questões a serem levadas em consideração. Como é o caso do que iremos abordar hoje, o cheque sem fundo.

O que é um cheque sem fundo

O cheque definitivamente não é a opção mais prática, principalmente hoje em um mundo tão moderno, onde quase tudo pode ser feito de forma virtual. Por outro lado, como dito anteriormente, tradição ou o corte de custos pode trazer de volta a utilização de cheques para isso. Infelizmente, existem pessoas que se aproveitam da situação para aplicar golpes, utilizando dos cheques sem fundo para isso.

O cheque é um documento, onde o pagante insere suas informações de uma forma em que o recebedor possa receber esse pagamento pelo banco. Nesse sentido, para passar um cheque o pagante utiliza um talão de cheques, um bloco de folhas limitadas contendo as informações bancárias do titular. Sendo assim, só é necessário preencher os dados, colocando o valor a ser debitado, nome, data, funcionando como um contrato.

Tendo em vista isso, se o recebedor for ao banco solicitar o saque, caso a conta não tenha saldo, o cheque logicamente é recusado por falta de fundos! Dessa forma, caso seja recusado duas vezes, o nome da pessoa titular é encaminhada ao Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF). Em suma, caso isso ocorra, a pessoa é proibida de emitir novos cheques, sem novos talões disponibilizados.

Como saber se um cheque tem fundos

Como identificar se um cheque é verdadeiro

É claro que com a possibilidade de sofrer um golpe ou fraude, é de suma importância saber perceber se um cheque é sem fundo, não é mesmo? Em virtude de um número cada vez mais alto de cheques sem fundo registrados, plataformas digitais para conferir a legitimidade dos mesmos vêm ganhando popularidade.

Agora já existem vários meios diferentes para avaliar e validar seu cheque. Com o intuito de ajudar nesse quesito, em 2012 a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) criou o Portal Cheque Legal. Uma vez que você receba cheques, poderá conferir rapidamente se o mesmo é verdadeiro ou não, evitando fraudes e aumentando a segurança. Para isso, preparamos um tutorial de como conferir seu cheque no site:

  1. Entre no site Cheque Legal pelo link https://www.chequelegal.com.br/;
  2. Preencha as informações referentes ao cheque;
  3. CPF ou CNPJ do titular;
  4. Código CMC7 do cheque;
  5. CPF ou CNPJ do recebedor;
  6. Aceite os termos e condições de uso;
  7. Passe pela verificação de spam;
  8. Clique em “Consultar cheque”;
  9. Caso o cheque esteja em situação legal, uma seta verde aparecerá.

Pronto! Fazendo isso você garante que o cheque recebido é verdadeiro e que a pessoa não tentou aplicar nenhum golpe. Simples e fácil não é mesmo? Além de saber se o cheque está regular, também é possível verificar se a conta foi encerrada ou não.

O que fazer ao identificar um cheque sem fundo?

Ao receber e identificar um cheque sem fundo, o procedimento necessário é o de entrar em contato com o emissor do mesmo. Em seguida, caso não resolva a questão, você poderá usar dos meios legais para poder tentar receber o valor devido. Porém, pode não ser possível resolver e você pode ficar sem receber o valor em questão. Tendo em vista isso, tome os devidos cuidados antes, para poder evitar transtornos futuros.