Salário mínimo na Espanha 2022: veja o valor

Salário mínimo na Espanha 2022, qual o valor? Confira aqui!

Comparar o salário mínimo de cada país é interessante. Assim, é possível entender como está a nossa situação, e a dos outros habitantes do mundo. Quando se trata da Europa, isso é ainda mais atrativo, principalmente para quem deseja morar no velho continente. O desejo de migrar é comum em muitos brasileiros.

Todavia, mudar de país requer muito planejamento. É necessário se organizar, para evitar problemas e alcançar os objetivos que se busca. Uma das maneiras de fazer isso é entender melhor a situação do país, e a média do que poderá ganhar por lá. De forma geral, um estrangeiro tem mais dificuldade do que um local para arranjar bons empregos.

Leia também: Salário mínimo em Portugal 2022

Assim, saber a taxa do salário mínimo ajuda a ter uma perspectiva do estilo de vida que se terá inicialmente. Para a maioria dos estrangeiros, por exemplo, o primeiro emprego é de garçom. O valor do salário mínimo, na Espanha, muda a cada ano, sofrendo reajustes, da mesma maneira que ocorre no Brasil. Contudo, o valor lá é em euros, pois o país está na zona do euro e faz parte da União Europeia.

O euro é uma moeda de alto valor, e uma das mais importantes do mundo. Assim, ganhar em euros é, de maneira geral, mais vantajoso do que ganhar em reais. Contudo, um salário que parece alto para nós nem sempre é o que imaginamos, pois há de se considerar a inflação e o custo de vida do país em questão.

No Brasil, o salário mínimo em 2022 é de R$ 1.212, e estudos indicam que esse valor está longe de cumprir com as necessidades básicas dos cidadãos. Com a inflação alta, a situação piora um pouco. Mas se tratando da Espanha, como estão as coisas por lá?

Veja: Salário mínimo na Argentina 2022: veja o valor!

Salário mínimo na Espanha 2022

O salário mínimo na Espanha sofreu reajuste, e agora está em 1.000€. Em abril de 2022, com um euro equivalendo a R$ 5,30, significa que o salário mínimo de lá, em reais, seria de R$ 5299,97. O executivo do país deseja aumentar para 1.045€ próximo ano.

Segundo estimativas, dá para se viver na Espanha com esse salário, mas não com conforto e luxo, claro. O custo de vida no país corresponde ao salário, e o salário médio é de 2.038€, que corresponde a R$ 10.801,33. Claro que os salários variam de região para região, assim como para cada profissão.

Por exemplo, quem trabalha em Madrid, no País Basco e em Barcelona pode tem um salário 6% superior aos de outras regiões do país. Nesse caso, as menores ocorrem nas regiões rurais, Andaluzia e Castilla y León.

A depender da cidade, dá para viver sem gastar tanto assim, pois várias despesas tem um preço acessível, como o transporte público, residência, lazer e alimentação. Em Barcelona, por exemplo, dá para fazer uma compra para a semana em torno de 50€ (R$ 265).

O sistema de saúde pública funciona bem, e as escolas também possuem uma qualidade de ensino adequada. Assim, com serviços gratuitos de boa qualidade, é possível economizar nos gastos mensais.

Além disso, o local onde se mora interfere bastante na renda. Afinal, como é de se esperar, um apartamento na Espanha numa região mais popular pode custar caro, chegando a 800€ ou acima disso. Todavia, em cidades menores, esse custo se reduz