Salário mínimo em Portugal 2022

Salário mínimo em Portugal 2022, quanto é? Há reajustes anuais no país europeu. Para esse ano, subiu de 665€ para 705€, um aumento de 40€. Comparando ao Brasil, 705€ seriam R$ 3.726,29. No momento, o salário mínimo em nosso país é de R$ 1.212.

Em Portugal, o plano é chegar até 750€ no ano de 2023. O governo tem ajustado os valores desde 2015, de maneira a atingir essa meta. De maneira geral, quem recebe o salário mínimo são trabalhadores de serviços gerais: empregados, atendentes, recepcionistas.

Para quem deseja morar em Portugal, é importante ter noção desses valores. Mas o salário mínimo difere do salário médio, que é quase o dobro. Em 2021, por exemplo, chegou a 1.300€, que equivale a R$ 6.871,18. Contudo, esses valores são para o salário bruto.

Leia também: Salário mínimo na Argentina 2022

Isso porque ainda há o IRS, que é uma retenção. Para os que recebem 705€, há uma retenção de 77,55€. O valor, então, fica de 627,45€, ou R$ 3316,40. Para o salário médio, há um desconto maior, tanto de segurança social como retenção do IRS. Nesse caso, o valor líquido fica a 960€, ou R$ 5074,10.

Essa retenção é progressiva. Ou seja, quanto maior for o salário, maior a taxa do desconto. Para quem ganha acima de 10 mil euros, por exemplo, a retenção é de quase 40% do salário.

O valor está crescendo desde 2015. Em 10 anos, houve um aumento significativo. Em 2012, era de 485€, passando para 705€ em 2022. Esse reajuste, então, foi de 45,36%. Até agora, o maior aumento percentual aual foi de 2021 para 2022, com um total de 6,01%.

Leia também: Qual o valor do salário mínimo nos EUA em 2022?

Salário mínimo em Portugal 2022

O salário mínimo em Portugal no ano de 2022 é de 705€. Mas, apesar de ser bem maior do que no Brasil, é importante considerar o custo de vida. Ainda que tenha um valor intermediário quando se compara ao resto da zona do euro, Portugal tem um custo de vida relativamente baixo.

O valor mais alto certamente é a moradia. Esses valores podem mudar de acordo com a cidade, mas seguem uma média, e se tornam mais caros, naturalmente, nas cidades maiores de Porto e Lisboa.

Em Lisboa, por exemplo, o aluguel de apartamento de 1 quarto na região central custa em média 865€. De três quartos, 1.626€. Para o caso de Porto, fica a 673€ e 1.179€ para apartamentos de 1 e 3 quartos, respectivamente. No resto do país, a média é de 600€ e 1.000€.

Assim, só com o aluguel nas áreas centrais, o valor já cobre (ou supera) o do salário mínimo. Mas é possível encontrar locais mais baratos longe dos centros, assim como nas cidades mais ao interior do país.

Para outros custos, podemos analisar a média mensal para um casal, por exemplo, que pode ser de: 280€ para compras no mercado, 80€ no transporte público, 40€ com eletrônicos (TV, celular e internet), 105€ com gás, água, eletricidade, 60€ na academia e 200€ no lazer. Isso soma 765€, ou R$ 4043,42.

Um almoço num restaurante, incluindo dois pratos e sobremesa, fica a 35€, ou R$ 184,99.