O que significa avaliação de imóveis?

O significado de avaliação de imóveis é, nada menos que um processo crucial para a compra e venda de casas e apartamentos. É através desse processo que é possível determinar qual o valor real de um ativo, respeitando todas as regras, critérios e condições aplicáveis.

Essa avaliação é feita por meio de um laudo de avaliação de imóveis, que permite a mensuração de fatores importantes para a definir o preço, como localização, necessidade de reforma, metragem, entre outros fatores.

Continue lendo este conteúdo para entender mais sobre este assunto!

O que significa avaliação de imóveis

A demanda por serviços de avaliação imobiliária tem sido cada dia mais frequente, sendo atualmente um dos serviços mais procurados do mercado. No entanto, às vezes há confusão sobre o que constitui uma avaliação imobiliária.

A avaliação de imóveis visa avaliar as condições de um imóvel, bem como determinar seu preço de mercado. Como esse setor sempre passa por mudanças, é normal que os valores dos imóveis flutuam.

Como resultado, é vital uma avaliação na venda de um imóvel para evitar perdas e preços que não são realistas.

Quando é necessário avaliar imóveis?

A avaliação de imóveis é essencial para todos os processos de compra e venda de imóveis, financiamento, construção e até a partilha de bens de uma herança. Pois, é só com este documento que é possível chegar ao real valor do imóvel, com isso, evita consequências ao dono ou decisões judiciais.

Alguns dos aspectos analisados na avaliação de um imóvel

Os métodos, assim como as variáveis ​​e fatores que serão utilizados para determinar esse valor, são todos diferentes. Vale lembrar que cada imóvel é único e tem seu próprio conjunto de características.

No entanto, os fatores mais frequentes que aparecem nas avaliações de imóveis são:

1. Lazer e entretenimento

O imóvel nada mais é que uma representação do ambiente em que uma pessoa vive, a presença de espaços de lazer influenciará, sem dúvida, o valor e o processo de tomada de decisão do comprador. Isso, por exemplo, refere-se à presença de:

  • Piscina;
  • Churrasqueira;
  • Quadras;
  • Espaço para crianças;
  • Academia;
  • Salão de festas;
  • Etc.

Além do que o ambiente interno pode oferecer, o externo também pode impactar no lazer, como se o imóvel estiver próximo a praças e clubes, ou se o bairro em que a propriedade está, é propício à prática de exercícios, como andar de bicicleta ou correr, pode ter impacto no seu valor.

2. Segurança

Para cada morador, a questão de quão segura é sua casa, é essencial. Acima de tudo, tranquilidade significa viver em um lugar onde você está confiante de que nada de ruim vai acontecer.

Com isso, quanto maior a capacidade de um imóvel em proporcionar essa segurança, maior o seu valor. Veja logo abaixo algumas das características que influenciam no valor de um imóvel:

  • Sistema de segurança;
  • Portaria;
  • Câmeras de segurança;
  • Entre outros.

3. Comércio e lazer

Para além do que já foi dito, há uma série de outros aspectos de um bairro que podem ter um impacto direto no seu valor, um dos quais é a proximidade a áreas comerciais.

Com isso, é crucial examinar o ambiente comercial ao redor do imóvel, analisando sua proximidade com:

  • Shopping centers;
  • Mercearias;
  • Supermercados;
  • Oficinas;
  • Escolas.

4. Localização e deslocamento

A localização de um imóvel diz muito sobre como as pessoas vão viver lá e tem impacto no valor do imóvel em questão. Se você pensar sobre isso, perguntas como essa devem ser avaliadas:

  • Índice de crime na região;
  • Estar próximo a uma delegacia, hospital ou outro serviço de emergência;
  • Saneamento básico;
  • Nível de poluição sonora.

5. Metragem

Este é o aspecto mais óbvio de todos, porque é um dos fatores vitais a ter em conta na avaliação de um imóvel. Uma metragem é nada menos do que o tamanho do imóvel, ou seja, a soma de todas as dimensões do comprimento vezes a largura de cada cômodo.

Mesmo pensando no espaço que o imóvel tem, é crucial considerar também a garagem disponível, ou quantos espaços o morador pode usar na garagem.

6. Estrutura interna

Durante a avaliação, as estruturas internas e externas são fatores que impactam direto no valor final do produto. Os seguintes critérios são usados para avaliar a qualidade estrutural dos imóveis:

  • Revestimento;
  • Pintura;
  • Fachada;
  • Elétrica e hidráulica;
  • Forros e telhados;
  • Vidros.

Assim como, adições como armários planejados, piso de porcelanato, reformas estruturais e um bom acabamento somam ao preço final do imóvel!

Agora que você já sabe qual o significado de uma avaliação de imóveis e para que serve, não esqueça de compartilhar este conteúdo com seus amigos que também têm interesse sobre o tema!