Afinal, como saber se o cadúnico está atualizado? veja os detalhes!

Já conhece o programa para receber os benefícios sociais do Governo Federal? Antes de tudo, é importante estar com os dados do seu CadÚnico em dia e evitar um corte no futuro.

Em 2022, o CadÚnico continua sendo o principal registro para a identificação das famílias brasileiras que podem receber algum tipo de benefício social. A ferramenta permite que o Governo tenha acesso às informações de cada pessoa, desde escolaridade, situação de renda e histórico escolar.

Entre os tantos benefícios que exigem um cadastro atualizado do CadÚnico, podemos citar o programa Auxílio Brasil, que em 2022 chegou para ser o substituto do Bolsa Família. O Cadastro Único permite que famílias do Brasil também tenham acesso a Tarifa Social de Energia Elétrica, Minha Casa Minha Vida, Auxílio Gás além de garantir a isenção em concursos públicos.

No início de 2021, o Governo Federal anunciou o do pagamento do Auxílio Emergencial para os trabalhadores informais e pessoas de baixa renda que estavam inscritas no Cadastro Único. Segundo os cálculos do Governo em conjunto com o Ministério da Cidadania, mais de 80 milhões de pessoas já estão inscritos no CadÚnico.

CadÚnico se tornou a principal fonte para a entrada no Auxilio Brasil

A partir de 2022, o CadÚnico passou a se tornar a principal fonte para a entrada de novos brasileiros no programa Auxílio Brasil. O Auxílio Brasil teve início ainda em novembro de 2021, após o final do pagamento do Auxílio Emergencial da prorrogação do Auxílio Emergencial e ficou definido que os valores do Auxílio Brasil para este ano serão R$ 400 mensais.

Para quem for receber o benefício do Auxílio Brasil neste ano, vai poder também solicitar o Auxílio Gás que começou a ser financiado pelo Governo Federal. A cada dois meses, a União irá pagar o equivalente a 50% do preço de um botijão de gás de 13 kg, no valor médio de R$ 52,00.

Acesso ao CadÚnico digital

Ainda durante o início da pandemia de Covid-19, o Governo Federal tratou de iniciar o cadastramento para o CadÚnico através do telefone, visando atender a população durante o período de isolamento social.

Porém é preciso informar que o CadÚnico ainda não pode ser acessado através do aplicativo Meu CadÚnico. Pelo aplicativo apenas é possível conferir se a família está com alguma pendência e saber exatamente o que poderá levar o mesmo a perder os benefícios sociais.