É possível abrir uma conta conjunta em um banco digital?

Estamos em pleno século vinte um e os bancos digitais são bem comuns. Mas muitos casais se perguntam se existe conta conjunta em um banco digital?

Esta é uma pergunta bastante pertinente, afinal, inúmeras instituições digitais surgiram nos últimos anos, sempre com propostas para driblar e superar os bancos tradicionais.

A praticidade e a diminuição de burocracias, além da isenção de tarifas e práticas abusivas, fez com que muitos bancos digitais se destacassem.

Muitas pessoas, hoje em dia, sequer possuem uma conta em empresas tradicionais, como o Bradesco, Itaú, Santander, Banco do Brasil, entre outros.

Acontece que nunca ficou claro se é possível abrir uma conta conjunta em um banco digital. Será que essa funcionalidade não existe no meio online?

Será que as pessoas que querem fazer uma conta conjunta estão limitadas aos bancos tradicionais?

A resposta para esta e outras perguntas, meu caro amigo (ou amiga), você encontra neste artigo. Vamos descobrir juntos?

Afinal, o que é uma conta conjunta?

A conta conjunta é, simplesmente, uma conta bancária que tem mais de um titular. Geralmente, quem opta por este tipo de conta são casais, mas também é comum que indivíduos da mesma família, como irmãos ou pais e filhos, prefiram este serviço.

conta conjunta digital

Entretanto, não é obrigatório que as pessoas tenham algum laço de sangue e/ou parentesco. Sendo assim, você poderia abrir uma conta conjunta com um amigo, por exemplo.

Existe mais de um tipo de conta conjunta?

Sim. Atualmente, você pode encontrar dois tipos de conta conjunta: a solidária e a simples (ou não-solidária).

Na conta conjunta solidária, qualquer um dos titulares pode fazer movimentações. Portanto, é uma conta com mais liberdade, já que garante que cada pessoa realize transações financeiras de forma independente, sem a aprovação do outro.

Já a conta conjunta simples (ou não-solidária) acontece o contrário. Qualquer tipo de movimentação exige a provação dos dois titulares.

Assim, caso você queira faça uma operação, deverá assinar um documento e também coletar a assinatura do outro correntista. Portanto, é uma conta que garante bem mais controle.

Como abrir uma conta conjunta?

Abrir uma conta conjunta é bem fácil – é praticamente a mesma coisa de abrir uma conta individual.

Entretanto, os documentos exigidos pelos bancos deverão vir de cada um dos titulares da conta. Serão dois RGs distintos, dois comprovantes de residência, etc…

É viável ter uma conta conjunta?

conta conjunta digital

Sim. É natural que pessoas com pais mais idosos, que não sejam familiarizados com a tecnologia, abram uma conta conjunta para auxiliar os pais com as necessidades financeiras do dia a dia.

Caso você tenha um negócio com um irmão, mas não more junto com ele, pode cuidar dessa empresa mesmo longe, sem precisar encontrá-lo para fazer movimentações importantes.

Além disso, ter uma só conta é mais econômico do que ter duas. Se você é casado e cada um tem uma conta diferente, serão duas pessoas que pagarão por tarifas e taxas abusivas.

Por isso, muitos casais optam por dividir tudo e colocar sua renda em uma conta conjunta.

Embora faça muito sentido para alguns, para outros pode ser um pesadelo. A gente sabe que você confia no seu parceiro, afinal, se não confiasse, nem teria casado, não é?

Mas a lei enxerga que o dinheiro disponível em uma conta conjunta pertence a todos os titulares. Sendo assim, se alguém resolve pegar a grana e cair fora… não tem muito o que fazer.

E o Imposto de Renda?

Os bancos já costumam apresentar um informe de rendimentos em contas individuais, certo? Bom, em conta conjunta, não é diferente.

O que acontece é que as instituições, geralmente, colocam o nome de apenas um dos correntistas, mas o documento é válido para todos.

Mas e aí: é possível abrir uma conta conjunta em um banco digital?

Sim! Você pode perfeitamente abrir uma conta conjunta em um banco digital. A má notícia é que não existem muitas opções: somente o Digi+ oferece este tipo de serviço entre as instituições digitais.

Apesar disso, muitas pessoas já estão pedindo por conta conjunta nos demais bancos digitais. Agora, se essas empresas atenderão a essa demanda, já é outra história…

Sobre o Digi+

banco digi

O Banco Digi+ nasceu como Banco Renner e se transformou em digital mais de 35 anos depois. Por estar no mercado há muito tempo, a instituição acredita ter credibilidade, experiência e solidez para atuar também no meio digital.

A conta digital oferece oportunidades de investimento, financiamento, quatro tipos diferentes de cartões, seguros e também câmbio. Além disso, não há cobrança de nenhuma tarifa.

A gente sabe que você gostaria de ter mais opções para abrir uma conta conjunta em um banco digital.

Entretanto, a experiência individual e o atendimento personalizado que muitas instituições proporcionam ainda não parecem ter se adaptado a essa modalidade. O jeito é encontrar alternativas, não é?