Quem mora sozinho tem direito ao Auxílio Brasil?

Os brasileiros ainda têm uma série de dúvidas em relação ao programa de transferência de renda Auxílio Brasil, como da situação onde quem estiver morando sozinho e de se esta pessoa terá ou não direito a receber o benefício.

Somente no último mês, o programa atendeu a 17,5 milhões de famílias no Brasil, de acordo com os dados que foram revelados pelo Ministério da Cidadania. O Auxílio Brasil chegou para substituir o Bolsa Família, sendo que a depender dos critérios, ele também concede o Auxílio Gás, Auxílio Inclusão e a Tarifa Social de Energia Elétrica.

Ressaltando que no último dia (22), ocorreu uma nova rodada de pagamentos realizada pela Caixa Econômica Federal com o valor mínimo de R$ 400, para os beneficiários que possuem o Número de Inscrição Social com o Final 7. Na última média, o Auxílio Brasil está chegando a R$ 417.

Beneficiários do Auxílio Brasil já estão recebendo o Auxílio Gás

Quem recebe o Auxílio Brasil já tem direito a receber também os pagamentos do Auxílio Gás, este que acontece a cada dois meses. Não houve o pagamento do Auxílio Gás no mês de fevereiro, porém o Governo Federal já confirmou que o pagamento do tíquete médio de R$ 52 irá ocorrer durante o mês de abril.

O Auxílio Gás é oferecido para famílias de baixa renda, equivalente a 50% do preço médio de um botijão de 13 kg, que neste momento custa em média de R$ 104. Ressaltando que este benefício é diretamente ligado ao Auxílio Brasil e por conta disso, é fornecido automaticamente às famílias do programa.

Quem mora sozinho também pode receber o Auxílio Brasil?

Quem mora sozinho também têm direito a receber o benefício, sendo que o mesmo é destinado para toda a população que se encontra em condição de pobreza ou extrema pobreza. O Auxílio Brasil será concedido para todas as famílias que possuem inscrição com os dados atualizados no Cadastro Único.

O Cadastro Único é realizado através do Centro de Referência de Assistência Social, onde também é o lugar para se realizar as devidas atualizações a cada dois anos. Quem mora sozinho também pode se cadastrar, desde que comprove que a sua renda média mensal é de até meio salário mínimo (R$ 606).

O programa de transferência de renda traz até três benefícios, que podem ser adicionados em caso de o beneficiário conseguir um emprego formal e de carteira assinada.