Qual a fortuna deixada por James Caan, ator de O Poderoso Chefão

O ator norte-americano James Caan, famoso por seu papel em “O poderoso chefão” (1972), morreu aos 82 anos, na última quarta-feira. A fortuna deixada por James Caan, segundo diversas fontes, gira em torno de US$ 20 milhões.

Caan iniciou sua carreira como ator no palco, estreando na Broadway no ano de 1961. Seu papel como Sonny Corleone, no filme de O poderoso chefão, rendeu-lhe uma indicação ao Oscar. Contudo, o primeiro filme do qual participou foi “Irma la Douce”, no ano de 1963.

Leia também: Qual a fortuna de Bruna Marquezine?

O destaque, porém, veio antes de “O poderoso chefão”, no filme “Glória e derrota”, de 1971, que lhe trouxe uma indicação ao Emmy e destaque no mundo do cinema. Outras produções famosas incluem os filmes “Profissão: Ladrão”, de 1981, “Louca obsessão”, de 1990 e “Rollerball: os Gladiadores do futuro”, de 1975.

Além disso, ele também fez outros filmes recentes, como “Dogville” (2003), “Agente 86” (2008) e de “Queen bees”, uma comédia cujo lançamento ocorreu no ano de 2021. Ainda há uma participação em “Gun Monkey”, filme que agora está em pós-produção, com previsão de lançamento para 2023. Morena Baccarin e Pierce Brosnan o acompanham no elenco.

A fortuna deixada por James Caan é de US$ 20 milhões, segundo estimativas. Porém, seu patrimônio nem sempre foi tão alto. Por exemplo, para o papel inicial em “O poderoso chefão”, Caan recebeu apenas US$ 35,000. O filme arrecadou US 135 milhões no ano de lançamento. Corrigindo para a inflação do dólar, o valor seria para mais de US$ 711 milhões em 2019, por exemplo.

Leia mais: Qual a fortuna de Shakira e Piqué?

Imagem: Invision / AP / Shutterstock.com

Fortuna deixada por James Caan

A fortuna deixada por James Caan se construiu ao longo do tempo. Assim, ao participar de tantos filmes famosos que consolidaram sua carreira, o ator conseguiu acumular capital ao longo da vida, especialmente na forma de royalties. Segundo dados do Celebrity Net Worth, por exemplo, Caan recebeu 1 milhão de dólares em royalties no ano de 2015, com US$ 140.000 anuais pelo filme de natal “Elfo”.

Caan se casou e se divorciou quatro vezes. Para trás, ele deixa cinco filhos, seu irmão, Ronald, e quatro netos.

Além da carreira no cinema, ele também se destacou na televisão, como no filme televisivo “Brian’s Song”, que lhe rendeu uma nomeação ao Emmy. Além disso, estrelou na série de drama “Las Vegas”, da NBC, entre 2003 e 2007.

Ao longo da sua carreira, Caan ganhou muitos prêmios e nomeações, ganhando uma estrela na Calçada da Fama em 1978.

Sua morte teve confirmação no Twitter, através do perfil oficial. A postagem agradece pelas condolências do público, e pede por respeito à privacidade da família durante esse momento difícil, onde perdem alguém estimado.

Os atores Robert de Niro e Oscar Al Pacino e o cineasta Francis Ford Coppola, com quem Caan trabalhou nos filmes de “O poderoso chefão”, lamentaram sua morte nas redes, agradecendo por sua existência e pelo legado que deixou.

Na década de 1980, Caan teve problemas com drogas e precisou se afastar do mundo do cinema. Foi através de um convite de Coppola que ele retornou às telas. O ator sem dúvidas deixou uma marca em Hollywood.