PIS habilitado mas não caiu na conta? Saiba o que aconteceu!

Está com PIS habilitado mas não caiu na conta? Explicamos aqui o que aconteceu!

De início, vamos aos requisitos para receber o PIS: você deve ter registro no PIS/PASEP há no mínimo cinco anos; no ano base de 2020, ter uma remuneração de no máximo dois salários mínimos; ter realizado, por mínimo de 30 dias, atividade remunerada para Pessoa Jurídica.

Por fim, seus dados devem estar corretos na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Se você é funcionário privado e não sabe, no entanto, se pode receber o benefício, é possível fazer uma consulta no site da Caixa, ligar para 0800-726-0207 ou conferir no aplicativo Caixa Trabalhador.

Para os funcionários públicos, visite o site do Banco do Brasil e confira se pode receber o PASEP.

Os trabalhadores inclusos têm direito ao abono de até um salário mínimo, que está a R$ 1.212. Esse valor está de acordo com o reajuste. Para 2021, o valor vai considerar o tempo que você trabalhou em 2019.

Estima-se que 3,4 milhões de beneficiários podem sacar o abono do PIS/PASEP.

Como saber se está habilitado

Para saber se você está habilitado, existem diversas formas: consulte o app Carteira de Trabalho Digital, no telefone 158 ou 0008 726 0207. Agora, pelo celular, a princípio você deve baixar o aplicativo. Em seguida, use seu CPF e senha do gov.br; logo após, clique em “Benefícios” e por fim “Abono Salarial”.

Possíveis erros na liberação do PIS/PASEP

A Dataprev precisou fazer novo processamento nos dados de 1,9 milhão de trabalhadores. A princípio, as informações não condiziam entre as diferentes bases do governo e a declaração inicial do vínculo. O resultado sai dia 16 de março.

Também é possível ficar de fora caso o empregador não tenha inserido as informações corretas no RAIS. Elas incluem, portanto, o salário de contribuição, o endereço do empregador e a relação de trabalho.

Você pode conferir a integridade dos dados no sistema da RAIS. Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, a recomendação é de que isso seja feito com o empregador.

Então, depois que consultar, é possível denunciar o estabelecimento no caso de má conduta. Logo, se há omissão de informações, falta de entrega ou atraso ou inclusão de declaração inexata ou falsa, há sujeição de multa.

Nesse caso, conforme proposto, faça acesso ao portal de denúncias.

Agora, se há ausência ou erro no seu número do PIS/Pasep, isso também pode trazer falha no processo. Nesse sentido, contate o empregador e solicite a retificação. Você pode checar, dessa forma, a informação no sistema do RAIS ou no site do Meu INSS, no caso de não possuir o número do PIS.

imprimir o Cartão do PIS/PASEP

PIS habilitado mas não caiu na conta

O que causa isso, principalmente, são informações incorretas. Se isso ocorrer, portanto, você pode estar habilitado, mas o PIS não vai cair na conta. O erro pode ser tanto do governo, como do empregador ou empregado.

Felizmente, é possível resolver isso. Basta que você entre em contato com o serviço Alô Cidadão, da Caixa Econômica Federal, pelo número 0800 726 0207. Então, confira qual é a falha, atualize suas informações e solucione o problema.