Quanto ganhar para ser rico no Brasil?

Muitos se perguntam quanto ganhar para ser rico no Brasil, já que essa dúvida é recorrente quando o assunto é a busca por riqueza. Segundo o Money Times, 3.673 euros é quanto uma pessoa precisa ganhar para ser rico, de acordo com o relatório do L’Observatoire des inégalites, uma organização que avalia a desigualdade francesa. 

A análise foi baseada na realidade de todos os solteiros do país europeu e, para isso, milhões de franceses possuem uma renda igual ou superior ao valor citado acima e isso representa cerca de 6% da população. No Brasil, o valor equivalente seria uma renda mensal de R$ 19,9 mil para ser considerado rico.

Um casal que tenha dois filhos menores de 14 anos precisaria ganhar 41 mil reais por mês para entrar na classe mais alta da sociedade brasileira. Isso considerando todos os gastos que possuem com a criação dos filhos. Comparando com o resultado do mesmo estudo realizado em 2020, o valor ficou mais alto.

Confira a seguir mais informações para saber quanto ganhar para ser rico no Brasil.

Saiba quanto ganhar para ser rico no Brasil

Quanto ganhar para ser rico no Brasil
Quanto ganhar para ser rico no Brasil

No Brasil, para estar entre 1% da população que se encontra nessa condição de vida é preciso ter uma renda de R$ 758 mil. Por isso, caso queira saber quanto ganhar para ser rico no Brasil, entenda que o seu salário mensal deve ser 68 mil reais, em média.

De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a renda média da população brasileira foi cerca de 34 vezes maior do que a metade que é considerada mais pobre no Brasil.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio Continua (Pnad Continua) Rendimento de Todas as Fontes 2018, a faixa de 1 % dos mais ricos teve um aumento real de 8,4% no rendimento médio mensal para aquele ano. Enquanto isso, os 5% mais pobres amargaram uma queda nos proventos de 3,2% no mesmo período.

Confira sua posição na lista da faixa de renda brasileira

Em 2020, o ator global Bruno Gagliasso disse em suas redes sociais que precisava bater um papo com pessoas que estão no topo da lista de pessoas mais ricas do Brasil dizendo que ele estava mais perto da base dessa pirâmide. 

Então, nos comentários, os internautas questionaram sobre esse topo a que ele se referia, já que ele é o dono de uma pousada dentro da ilha Fernando de Noronha e não se considera um deles.

Para se ter uma ideia da complexidade desse assunto, a renda mensal média de quem está entre os 5% mais ricos do Brasil é de R$ 10.313,00. Segundo apontam os dados da Pnad Continua-Rendimento de todas as fontes 2019 do IBGE. Ou seja, a renda média superior à de 99% da população brasileira é de 28.659 mil reais.

A base dessa pirâmide é homogênea e 90% dos brasileiros ganha menos do que 3,5 mil por mês, considerando que 70% ganham até dois salários mínimos, na média salarial da população brasileira como um todo.

Dentro dos grupos mais ricos da população brasileira, o espectro é bem mais diverso. Portanto, quanto ganhar para ser rico no Brasil? Tomando a faixa de pesquisa do IBGE como referência de 28 mil reais, o grupo mais rico inclui tanto profissionais liberais como médicos e engenheiros. Além deles estão a elite do funcionalismo público como promotores, procuradores e auditores da Receita. 

Além disso, empresários, artistas e milionários e bilionários aparecem na lista dos mais ricos do Brasil.

Então, eu preciso ganhar quanto para ser rico?

Por causa de toda essa variedade, muitos se perguntam quanto ganhar para ser rico no Brasil, já que muitos não enxergam como parte da pirâmide. A pesquisa Nós e As Desigualdades realizada pela Oxfam, em parceria com o Datafolha, perguntam desde 2017 se os brasileiros se dizem pobres ou ricos demais.

As três edições desse levantamento levaram na mesma direção. Quem faz parte do topo da lista pode ter uma visão distorcida dessa realidade e a pesquisa de dezembro de 2020 apontou isso. Entre os que ganham mais do que 5 salários mínimos, 75% disseram achar que fazem parte da metade mais pobre do país.

Para se manter entre os 10% mais ricos do país, entretanto, a renda média parte de três salários mínimos, segundo o parâmetro da pesquisa. Já que o Brasil é um país em que muita gente vive com pouco. Sendo assim, hoje, estar entre os “mais ricos” do ponto de vista dessa distribuição de capital não precisaria de tanto dinheiro.

Síndrome da classe média

Essa falta de percepção da realidade, contudo, não é uma exclusividade do Brasil. Estudos sobre isso mostram que as pessoas tendem a se classificar como classe média, já que muitos não se classificam como pobres ou ricos. 

A explicação para isso é simples, já que muitos não consomem dados técnicos e, por causa disso, a maioria não sabe quanto ganhar para ser rico no Brasil.