O que acontece depois de decorrido o prazo do INSS?

Existem muitas pessoas que recebem o benefício do INSS. No entanto, se tem um determinado prazo de pagamento para o beneficiado. A partir disso se tem a dúvida, o que acontece depois de decorrido o prazo do INSS

Para conseguir entender melhor sobre isso, é interessante saber o que é o prazo do INSS. Dessa forma, faça a leitura até o fim desse arquivo, pois auxiliará para saber mais sobre esse assunto. 

O que é o prazo do INSS? 

O INSS estimou um prazo para pagar os beneficiados. Dessa maneira, respondendo à pergunta o que acontece depois de decorrido o prazo do INSS? Ao fim desse prazo o benefício será cancelado. Se tem esse prazo, para que seja cumprido uma suposta ação, dando andamento ao benefício. 

Se concede um prazo, para que as duas partes diante de um processo possam se manifestar. Pode se ter como exemplo, a apresentação de documentos que comprovem o necessário para concluir um argumento. 

Além desse prazo citado, há também um prazo que está ligado à resposta dada aos recursos mostrados no processo. Na maioria das vezes, em relação a cada ação, já se tem praticamente uma definição do prazo. Lembrando que o juiz pode definir um prazo específico, caso exista precisão. 

Por meio disso, é possível analisar que o INSS possui dois prazos. O primeiro é aquele que já foi decidido pela lei, e o segundo é quando o juiz determina. 

O que se faz quando o prazo do INSS já foi decorrido? 

inss-pente-fino-suspensao-de-beneficio-18112021215150285
O que acontece depois de decorrido o prazo do INSS

Após se ter o fim do prazo estabelecido tanto pela lei, quanto pelo juiz, o processo ainda tem sua continuidade. Entretanto, a continuação irá depender muito de como a ação está sendo processada. 

Além disso, ambos lados possuem o direito de se manifestar diante da apresentação do outro lado. Como por exemplo, se um dos lados mostrar argumentos diminuindo a sua chance de ganhar o processo, se tem o direito de impor sobre isso. 

Depois de passar o prazo do INSS o que pode acontecer? 

Como já foi falado, é feito um prazo para os dois lados se manifestarem. No entanto, quando esse prazo decorre, quer dizer que ele chegou ao fim. Dessa maneira, o benefício tem corte. 

É possível conseguir meios de se manifestar durante esse período, para tentar comprovar algo, ou até mesmo mudar a forma como o benefício é dado. No entanto, ao final desse prazo, se não houver manifestações, o benefício irá se caracterizar pela lei como cumprido. 

Quem tem direito ao benefício do INSS? 

O INSS é o Instituto Nacional de Seguro Social. Esse instituto se responsabiliza por pagar aposentadoria e também outros benefícios. Dessa forma, para conseguir ter direito ao benefício, a pessoa deve realizar um pagamento ao INSS todos os meses, durante um certo tempo. 

A partir disso, há cidadãos que possuem o direito e muitas vezes não sabem. Por meio disso, haverá a informação de quais são os que possuem esse direito. 

Um caso que tem destaque é o segurado. Esse pode ser classificado de dois jeitos. O primeiro deles são aqueles que devem de qualquer forma apanhar a contribuição para o INSS, como trabalhador rural. 

Já no segundo caso, se refere aqueles que preferem fazer sua contribuição ao INSS, por meio de um processo de afiliação com o RGPS. Nesses casos, pode se ter como exemplo, trabalhador avulso, contribuinte individual. 

Outro caso que também possui o direito ao benefício é em casos de problemas de saúde. Nesse caso, o auxílio pode ser por um período de tempo menor ou maior, dependendo da situação. Isso porque pode ser por uma limitação momentânea ou alguma doença crônica, por exemplo. Em resumo, se conclui que, o que acontece depois de decorrido o prazo do INSS, é que o benefício é cessado. Pois se tem o prazo para conseguir comprovações que auxiliam para o não cancelamento do mesmo.