Consulta por telefone: FGTS e Saque-aniversário

É possível fazer consulta por telefone: FGTS e até sobre o saque-aniversário. Veja para onde ligar e conseguir as informações.

Consulta por telefone: FGTS e Saque-aniversário

Consulta por telefone: FGTS e Saque-aniversário

Existem muitas formas de perguntar sobre seu FGTS e Saque-aniversário. Uma das opções mais práticas, procuradas geralmente por quem não pode ver o aplicativo, é a consulta por telefone.

O Atendimento Caixa ao Cidadão é o melhor meio para fazer sua ligação e tirar suas dúvidas. Entre em contato pelo número 0800 726 0207.

O site fgts.caixa.gov.br também é um meio de comunicação oficializado para conferir algumas informações.

Cuidado para não ser vítima de fraudes: use apenas os canais de comunicação oficiais. O valor do saque-aniversário deve estar disponível em sua conta 5 dias úteis após a solicitação.

Você pode acompanhar todo o processo de sua solicitação, seja pelo aplicativo ou por esses outros meios.

Como funciona o saque-aniversário?

Qualquer trabalhador pode solicitar seu saque-aniversário do FGTS, sempre no mês de seu aniversário. Dessa forma, o beneficiário pega uma parte de seu fundo de garantia.

Para isso, é preciso, é claro, ter saldo em conta e não pode ter realizado nenhum saque do FGTS nos últimos 12 meses. Para quem quer pedir empréstimo do saque-aniversário, a Caixa Econômica não faz consulta ao SPC ou Serasa para dar a liberação.

Esse empréstimo nada mais é do que um adiantamento do dinheiro que você já tem guardado, teoricamente. Pessoas com mais de 18 anos, ou emancipadas, podem solicitar o benefício, desde que tenham qualquer tipo de conta na Caixa Econômica, exceto Poupança Caixa Fácil e Digital Social.

Existe um valor mínimo para a solicitação: 300 reais parcelado ou 500 reais no total. A ideia do empréstimo do FGTS é dar mais uma opção de socorro a trabalhadores que precisam de dinheiro para alguma emergência.

Antigamente, a Caixa deixava sacarem apenas três saques-aniversário. Agora, porém, a regra mudou e já é possível adiantar até cinco anos do benefício, ou seja, cinco saques-aniversário. O valor base era R$ 500 e a cobrança de juros é 1,49% ao mês.

O pagamento ocorre de forma automática, e é por isso que o banco não faz avaliação de risco antes de liberar o dinheiro. As parcelas são subtraídas na conta FGTS do trabalhador. Em geral, toda a tramitação é feita dentro do aplicativo do FGTS.

A principal vantagem dessa modalidade é que envolve pouca dor de cabeça para o trabalhador e para a Caixa e, além disso, é uma opção muito mais flexível do que outros tipos de empréstimo.

Essa é uma alternativa para acessar seu fundo de garantia antes de encerrar seu contrato trabalhista. Entretanto, a margem do valor que pode ser recolhido ainda tem como base o valor limitado do saque-aniversário.

Também vale ressaltar que o dinheiro emprestado ainda está sujeito a cobranças do IOF e outros encargos, que costumam ser baixos. O ideal é consultar as condições com seu gerente.