Como imigrar para Portugal e encontrar um emprego: As Precauções e a Maioria dos Empregos Oferecidos

Se é brasileiro e sonha em viver em Portugal, este artigo é para você. Falaremos sobre as principais precauções a ter em conta na procura de emprego e os empregos mais comuns que os empregadores portugueses oferecem aos imigrantes. Além disso, damos algumas dicas sobre como os brasileiros podem obter uma autorização de residência em Portugal.

Uma das principais preocupações dos imigrantes é encontrar trabalho no seu novo país. Portugal não é excepção e, de fato, existem alguns empregos que são mais oferecidos aos estrangeiros do que aos locais. Neste artigo, vamos falar sobre as ocupações mais comuns disponíveis para os imigrantes em Portugal.

Formas de Imigrar para Portugal

Há várias formas e vistos para ir para Portugal, com o visto de estudante, ou com o visto de empreendedor, o visto D2, ou para aposentados e pessoas com rendas próprias, visto D7, ou ainda com a promessa de contrato de trabalho, desde que seja um trabalho altamente qualificado, e algumas outras opções.

Entretanto, a forma mais comum de brasileiros irem para Portugal é entrando como turista e solicitando a Manifestação de Interesse junto ao Governo português. Esta é uma oportunidade para quem deseja morar na Europa e não possui uma proposta de emprego ou ainda não tenha um alto grau de qualificação profissional.

Neste artigo falaremos um pouco mais sobre esta forma de entrada em Portugal, por ser a mais comum e a mais desafiadora para os imigrantes.

Esta forma de entrada no país, contudo, tem suas desvantagens. A residência tem demorado cerca de 1 ano e meio para sair, e nesse meio tempo, por mais que a pessoa tenha um alto grau de formação, ela dificilmente irá encontrar um trabalho numa empresa da sua área. Isso porque a maioria das empresas não podem contratar imigrantes que tenham apenas a manifestação de interesse e ainda não tenham o título de residência. 

Os setores que podem contratar imigrantes nesta situação, ainda sem residência, são empresas da área de restaurantes, hotelaria, construção civil e alguns estabelecimentos comerciais.

emigrar e trabalhar em Portugal
Imagem de Philipp Weber por Pixabay

Como fazer para procurar emprego em Portugal.

Tudo começa com o currículo adequado para ir atrás das oportunidades. Muitas pessoas têm dúvidas sobre como escrever o seu currículo em Portugal e que palavras ou expressões devem ser usadas. Por exemplo, os brasileiros usam frequentemente “Eu sou responsável por” quando falam das suas funções no trabalho. Esta expressão não é comum nos currículos em português de Portugal. Procure modelos de currículos com os modelos Europass.

O Europass é um conjunto de cinco documentos que te permitem mostrar as tuas competências e qualificações de uma forma que é fácil de compreender para os empregadores de qualquer país da União Europeia. Os modelos estão disponíveis em muitas línguas, incluindo o Português.

Os empregos mais comuns para brasileiros em Portugal

Ao entrar em Portugal como turista e então solicitar a Manifestação de Interesse, muito provavelmente irá encontrar o seu primeiro emprego num restaurante ou hotel. Nestes setores é possível trabalhar sem o título de residência portugues, desde que a pessoa tenha a Manifestação de Interesse, isso já lhe dará o direito de ser contratado por empresas de alguns setores ligadas ao turismo.

Alguns imigrantes conseguem encontrar o seu primeiro emprego em grandes estabelecimentos comerciais, como promotores de vendas na Zara, Nespresso, às vezes em empresas de construção civil ou pizzarias e restaurantes.

Algumas das principais áreas ocupadas por brasileiros imigrantes em Portugal

  • Call Center – Atendente Telefônico
  • Comercial – Vendedor
  • Cobranças
  • Hotelaria/Turismo
  • Ajudante de Obras
  • Soldador
  • Garçom
  • Pedreiro
  • Balconista 
  • Atendente de Loja

É mais fácil encontrar emprego quando já se está em Portugal

É muito mais fácil conseguir essas vagas de emprego para quem já está em Portugal, até porque, estes são empregos que não são habilitados para enviar uma carta de emprego que permitiriam um visto de trabalho para quem ainda está no Brasil.

Uma vez em Portugal, procure alguma referência do lugar onde vai trabalhar e sempre exija que o trabalho tenha um contrato de prestação de serviços no caso da prestação de serviço for realizada através de Recibos Verdes, equivalente à emissão de notas fiscais no Brasil, ou um contrato de trabalho caso seja através do modelo de trabalhador dependente, equivalente ao CLT no Brasil. Como estará em Portugal, procure fazer cursos profissionais e se especializar em outras áreas de atuação além das que está habituado no Brasil. Muitas oportunidades surgem e nada melhor do que estar preparado para elas.