O presidente Jair Bolsonaro fez o anúncio ontem (17). O projeto inclui tanto os pensionistas e aposentados do INSS, como outras categorias.

Esse aumento tinha ocorrido ano passado, como forma de mitigar os efeitos da pandemia.

Em janeiro, contudo, o anularam. Mas ainda que as atividades estejam voltando ao normal, ainda estamos longe de um bom estado na economia.

Além disso, muitas pessoas que recebiam o empréstimo não conseguiram continuar com seus pagamentos após a anulação. Seu saldo, portanto, ficou negativo.

Sem dúvidas, o aumento do empréstimo incentiva a demanda. E com ano eleitoral em vista, o governo quer manter uma boa imagem perante os cidadãos.

A medida faz parte de um pacote aprovado por Onyx Lorenzoni, o Ministro do Trabalho. Carrega ainda outras medidas, todas como benefícios sociais para 2022.

O empréstimo consignado é bastante popular, pois fornece um crédito fácil e acessível quando comparado a outros do mercado.

Assim, pensionistas e aposentados podem pedi-lo como maneira de aumentar, portanto, sua condição de crédito.

Como os aposentados e pensionistas do INSS têm renda fixa, é possível, então, fazer a consignação.

Ou seja, do valor que recebem, 40% pode ser usado como crédito. Essa quantia é descontada todo mês, direto no benefício. Para saber mais detalhes, leia a matéria completa em nosso site.